Ozonioterapia: O que é, para que serve e como é feita

A ozonioterapia é uma técnica que vem sendo cada vez mais difundida no campo da estética. Isso se deve ao fato de que esse procedimento é capaz de desencadear efeitos significativos nos cuidados com a saúde e o bem-estar das pacientes. 

Para que você possa compreender todos os detalhes desse tipo de tratamento, fizemos este guia completo com informações importantes sobre o assunto. Acompanhe e saiba mais.

Conteúdo da página:

  • O que é ozonioterapia?
  • Quando surgiu ozonioterapia?
  • Para que serve a ozonioterapia?
  • Para que serve a ozonioterapia na estética?
  • Ozonioterapia como funciona na estética?
  • Quais os benefícios do tratamento com ozonioterapia?
  • Como são feitas as intervenções do tratamento com ozonioterapia?
  • Como funciona o aparelho de ozonioterapia?
  • Como funciona a ozonioterapia com agulha?
  • Terapia de ozônio e o sistema imunológico
  • Qual profissional pode aplicar ozonioterapia?
  • Qual a realidade do método no Brasil?
  • A ozonioterapia é liberada no Brasil?
  • Quais os possíveis efeitos colaterais da ozonioterapia?
  • Quais são os riscos da ozonioterapia?
  • Quem não pode fazer ozonioterapia?
  • Quando a ozonioterapia não deve ser usada?
  • Existem relatos de morte por ozonioterapia?
  • Quais são as contra indicações de ozonioterapia?
  • Como funciona a ozonioterapia capilar?
  • O que é ozonioterapia para gordura localizada?
  • Como funciona a ozonioterapia para celulite?
  • Ozonioterapia para melasma
ozonioteraia
imagem ilustrativa aplicação de ozonioteraia

O que é Ozonioterapia?


A ozonioterapia é um procedimento estético que é feito pelas vias: tópica, subcutânea ou sistêmica, com o objetivo de ativar a circulação periférica, melhorando a microcirculação da paciente, estimular o sistema antioxidante, fortalecer o sistema imunológico, destruir vírus e bactérias, entre outros. Isso desencadeia uma melhora da aparência do tecido cutâneo. 

Além de tratar a pele deixando-a ainda mais linda, a ozonioterapia também é uma forte aliada no processo de redução de medidas, pois quebra a membrana da célula de gordura, sendo utilizada no tratamento da celulite e da gordura localizada.

Quando surgiu ozonioterapia?


O tratamento com a ozonioterapia surgiu no século XIX, na Primeira Guerra Mundial. O ozônio medicinal era usado nesse contexto, quando médicos alemães e ingleses necessitavam de tratamentos eficazes para a cicatrização das feridas dos seus soldados.

Para que serve a ozonioterapia?

A ozonioterapia é um tratamento eficaz utilizado para auxiliar no caso de mais de 250 doenças. Dentre elas, podemos citar as doenças autoimunes e o câncer. 

Vale ressaltar que essa técnica também pode ser utilizada para fins estéticos, como questões relacionadas à gordura localizada, celulite, queda de cabelo, acne, entre outras situações. 

Ou seja, cada situação e cada necessidade irá requerer uma avaliação profissional que irá determinar  o tratamento, e forma de aplicação. 

Para que serve a ozonioterapia na estética?

A ozonioterapia na estética serve para tratar questões relacionadas à pele e ao tecido subcutâneo. Sendo assim, costuma ser aplicada em pacientes que desejam tratar:

  • Gordura localizada;
  • Queda de cabelo;
  • Pele acneica;
  • Sinais da idade;
  • Celulite;
  • Estrias;
  • Flacidez;
  • Inflamações da pele;
  • Vasinhos;
  • No pré, intra e pós operatório ;
  • Entre outras situações.

Em suma, ela promove efeitos positivos nos cuidados com a pele, elevando a autoestima e proporcionando um tecido cutâneo mais saudável.

Ozonioterapia como funciona na estética?

O tratamento com ozonioterapia na estética, portanto, funcionará de acordo com as necessidades da paciente. Por isso que a avaliação com um profissional qualificado é tão importante.

Numa mesma sessão poderão ser usadas mais de uma forma de aplicação da técnica, sem contar que ele pode ser associado a outros tratamentos de eletroterapia, por exemplo, potencializando seus resultados. 

Quais os benefícios do tratamento com ozonioterapia?

Entender quais são os benefícios da ozonioterapia é a peça-chave na hora de decidir se esse será o tratamento mais adequado para determinado caso, ou não.

Mas, além disso, o acompanhamento de um profissional qualificado é imprescindível para que o tratamento de ozonioterapia surta efeitos consistentes e duradouros. Atente-se aos benefícios dessa técnica:

Ozonioterapia benefícios:

  • É utilizada como um tratamento na queda de cabelo.
  • Promove a quebra da gordura localizada e melhora a aparência da celulite.
  • Auxilia no rejuvenescimento da pele.
  • Deixa a pele com uma aparência mais bonita e jovial.
  • Melhora a flacidez da pele.
  • Melhora a circulação sanguínea.
  • Ativa as enzimas antioxidantes, que são fundamentais para prevenir o envelhecimento precoce da pele.
  • Promove a esclerose de vasinhos. 
  • Auxilia no tratamento de doenças autoimunes.
  • Reduz danos nas células cutâneas, melhorando o seu aspecto.
  • Auxilia na cicatrização pós cirúrgica e na redução de fibroses pós operatórias. 

Como são feitas as intervenções do tratamento com ozonioterapia?

A forma mais comum de intervir com ozonioterapia é fazendo a sua aplicação diretamente na pele que se deseja tratar, através de compressas com água ozonizada, bags, ou injeções. 

Além disso, existe a possibilidade de fazer a aplicação intravenosa, intra articular ou intramuscular. Também pode ser usada a técnica de auto-hemoterapia ozonizada, onde o sangue é retirado do paciente, misturado com o ozônio e reaplicado nele, por via intramuscular. 

Lembrando que não deve ser considerada como a única fonte de cuidado medicinal durante o processo terapêutico.

Portanto, é fundamental que você sempre questione o seu médico e siga as recomendações dadas por ele, para assim usufruir de efeitos ainda mais promissores quando iniciar algum tratamento com ozonioterapia, por exemplo.

Como funciona o aparelho de ozonioterapia?

 

O aparelho de ozonioterapia é responsável por transformar o oxigênio medicinal em ozônio através do contato dele com a energia da corrente elétrica.

Como funciona a ozonioterapia com agulha?

 

No tratamento com agulha, é possível fazer a aplicação do ozônio diretamente na região a ser tratada como gordura localizada, celulite, estrias, olheiras, flacidez, etc. 

Também é possível que essa aplicação aconteça por via intramuscular, ou seja, com uma injeção no músculo, ou intra articular, dentro da articulação. 

Além dessas formas, a ozonioterapia também pode ser aplicada na forma de auto hemoterapia ozonizada. Nesse tipo de tratamento, costuma-se utilizar o ozônio para fins especificamente medicinais, funcionando como autovacina.

Terapia de ozônio e o sistema imunológico

A ozonioterapia é um importante e poderoso gás capaz de desencadear funções anti-inflamatórias, analgésicas, antissépticas, de oxigenação dos tecidos e de fortalecimento do sistema imunológico.

Com isso, costuma ser utilizado não apenas para fins estéticos, mas sim, também desencadeia muitos efeitos positivos para o organismo do paciente, como um todo.

Qual profissional pode aplicar ozonioterapia?

 

Saber qual profissional pode aplicar ozonioterapia é fundamental para garantir que você não seja exposto a nenhum procedimento prejudicial, não é mesmo? Atente-se às colocações abaixo:

Mas afinal, ozonioterapia, quem pode aplicar? Bem, apenas profissionais como médicos, enfermeiros, esteticistas, fisioterapeutas, dentistas e biomédicos poderão exercer serviços que têm a ozonioterapia como base.

Porém, cada um desses profissionais possui o seu próprio código de ética e suas próprias regras quanto à aplicação. Isto é, uma esteticista não pode fazer um tratamento medicinal, como no caso de tratamentos contra o câncer, por exemplo. Mas sim, essa profissional poderá atuar apenas no que tange a parte estética do procedimento com ozônio.

Fisioterapeuta pode aplicar ozonioterapia?


Sim, desde que o profissional de fisioterapia esteja capacitado e habilitado para isso. 

Qual a realidade do método no Brasil? A ozonioterapia é liberada no Brasil?

A ozonioterapia é liberada no Brasil e possui respaldo da  Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) do SUS, pela Portaria n° 702/2018 do Ministério da Saúde. 

Dessa forma, todo profissional da área da saúde (que citamos anteriormente) tem respaldo legal para trabalhar com ozonioterapia, dentro da sua área de atuação, evidentemente.

Quais os possíveis efeitos colaterais da ozonioterapia?

O ozônio também é naturalmente produzido em nosso corpo, no processo de ativação de anticorpos. Por este aspecto, é considerado uma biomolécula (molécula biológica).

Os efeitos colaterais da ozonioterapia podem variar de acordo com o tipo de procedimento que é aplicado no paciente. 

Sendo assim, é necessário analisar cada quadro e cada organismo, a fim de respaldar os potenciais efeitos colaterais. De qualquer forma, podemos apresentar alguns riscos do tratamento. Veja:

 

Quais são os riscos da ozonioterapia?

Ao pensarmos em “ozonioterapia riscos”, muitas dúvidas vêm à mente. Porém, podemos ressaltar que dentre os possíveis efeitos colaterais, questões relacionadas à saúde pulmonar são as que mais ocorrem. O

Ozônio é um gás tóxico da o sistema respiratório, isso significa que não deve ser inalado, senão irá provocar tosse,irritação na garganta, piora dos sintomas da asma, falta de ar e até danos ao tecido pulmonar. 

Quem não pode fazer ozonioterapia? Quando a ozonioterapia não deve ser usada?

 

A ozonioterapia não deve ser utilizada em crianças; mulheres grávidas ou que estejam amamentando; pessoas com infarto agudo do miocárdio; pessoas com intoxicação alcoólica; problemas sanguíneos; anemia e pessoas com hipertireoidismo.

Existem relatos de morte por ozonioterapia?

O risco de morte causada pela ozonioterapia representa uma porcentagem de 0,0001% dos casos de tratamento com esse tipo de terapia.

 

Quais são as contra indicações de ozonioterapia?


A contra-indicação absoluta desse tratamento é a presença de favismo, que é uma doença genética, detectada por um exame de sangue específico.

Como funciona a ozonioterapia capilar?

A ozonioterapia capilar age diretamente no couro cabeludo do paciente, promovendo um aumento na circulação sistêmica e consequentemente deixando o couro cabeludo muito mais forte e saudável. Seguidamente, os fios também crescem mais fortificados e saudáveis.

Na terapia podemos utilizar água ozonizada, bag e injeções.

Qual o preço de uma ozonioterapia capilar?

Qual a ozonioterapia capilar preço? Quanto custa? Bem, se você quer começar o seu tratamento, é fundamental que você faça um orçamento com uma profissional  qualificada. Entretanto, podemos dizer que a faixa de preço desse tipo de procedimento é de R$150,00 a sessão.

Como funciona a ozonioterapia para varizes?

A ozonioterapia é capaz de melhorar a qualidade da circulação sanguínea de um organismo como um todo. Sendo assim, melhora a aparência das varizes, tendo em vista que o aparecimento desse tipo de problema se deve ao fato de que o paciente possui questões de má circulação.

Podemos fazer aplicações com agulhas nos vasinhos menores (teleangectasias), com ótimos resultados às três sessões. 

O que é ozonioterapia para gordura localizada?

 

A ozonioterapia no tratamento de gordura localizada age como um provocador de “quebra” da célula de gordura, além de facilitar a eliminação dessa gordura. 

Sendo assim, o ozônio medicinal usado no tratamento de gordura localizada promove a metabolização e a quebra da mesma, proporcionando melhora do contorno corporal.

Como funciona a ozonioterapia para celulite?

Assim como acontece com a ozonioterapia para gordura localizada, no caso da celulite também há uma quebra nas células de gordura e melhora da circulação, diminuindo o aspecto de “casca de laranja” . 

Logo, o aspecto da pele, como um todo, fica muito mais bonito, saudável e mais firme. 

Ozonioterapia para melasma

No caso do tratamento do melasma, promove: favorecimento da regeneração de tecidos por meio da liberação de fatores de crescimento; regulação natural do metabolismo; otimização da liberação de oxigênio nos tecidos; melhoria significativa da circulação; remoção dos radicais livres; estímulo à síntese de enzimas antioxidantes; melhoria significativa da drenagem linfática.

Conteúdo relacionado: 

Limpeza de Pele

Rejuvenescimento Facial

Eletroestimulação Facial

Criolipólise

Peeling Químico

Peeling Diamente

Microagulhamento

www.belezaperfeita.com.br 

Conteúdo da página: